Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Setembro de 2008, mais uma Caminhada.

Ver a majestosa Rocalva em fotografias já não era suficiente, tínhamos que ir lá e cumprir o desiderato.

 

Aceda aos Track-Points GPS aqui

 

Se utiliza uma plataforma móvel veja as fotos aqui

 

Percurso

18 km

7 horas de caminhada efectiva

 

Os primeiros 4 km são feitos por um estradão de terra batida com bastante facilidade. Fazendo um atalho pela Ponte de Servas, seguem-se mais 2 km em estradão na direcção da Carvalhosa, a partir daí, é serra a dentro.

Alguns trilhos de pastores vão-nos orientando, sempre com declive acentuado.

Chegando à Rocalva estamos a 1200m. É magnífica, elegantemente esculpida pela natureza como que a desafiar a agreste Roca Negra mesmo em frente.

Segue-se em direcção a norte a caminho do Conho para depois fletir na direcção da Lomba do Pau. 

A descida em direcção ao Vale da Teixeira é muito acentuada, mas depois pelo vale é bastante fácil.

Parece que "entramos na recta da meta", mas a caminhada ainda será longa.

Quase no fim do percurso, já perto da Cascata do Arado, a descida é também bastante íngreme com algumas pedras soltas e areia.

A dificuldade é elevada sobretudo no constante sobe e desce nos trilhos de pior qualidade, no entanto, as paisagens são soberbas de início ao fim, em qualquer que seja o local.

Os diversos currais espalhados pela serra dão-lhe um ar acolhedor, mas o ambiente é agreste, e a sensação de isolamento está sempre presente.

Neste percurso, principalmente no coração da serra, não há água a cada 100m, recomenda-se prudência, 1 litro de reserva é o mínimo aconselhado.

É também fácil cometer enganos no percurso, muito fácil. Sem pontos de referência ou GPS, será mesmo perigoso e imprudente.

Se entrarmos 100m ao lado em determinados locais, podemos ser confrontados com formações rochosas de declives acentuadíssimos completamente intransponíveis, a solução é simplesmente voltar para trás.

É um percurso muito bonito.

Foram 10 horas de deslumbre de paisagens magníficas, numa experiência sem paralelo.

O cansaço esquece-se, a Serra do Gerês não!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:06





Lista de todas as actividades

Percursos Pedestres

Em Bicicleta

Outras Actividades e Locais



Siga-nos na rede social


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Carris Cópia de DSC04873 Covão da Ametade DSC06715 Prado do Mourô/VidoalDSC07099 Sombrosas DSC08749 Vale do Rio Homem valeserrantes Poço Azul valeserrantes Ecopista do Dão valeserrantes

Cascata do Arado valeserrantes

Visitantes