Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Junho de 2013, mais uma caminhada.

Desta vez algo light em família.

 

Aceda aos Track-Points GPS aqui

 

Para plataformas móveis ou ecrã inteiro clique aqui

 

Percurso pedestre

3 km

1 hora de caminhada efectiva

 

Deixando o carro na Capela de Santa Luzia em Cela, é só descer o estradão com 1,5km até à cascata que é mais um local idílico no Gerês.

Composta por uma cascata principal com duas lagoas no principal acesso a jusante e uma outra montante é fantástica.

Infelizmente, nestes sítios é cada vez mais frequente o hábito do ir para, e ficar lá o dia inteiro qual romaria, o que desvirtua completamente a envolvência paisagística.

Mesmo não sendo consensual, entendo que nestes locais não se deve permanecer mais do que uma a duas horas no máximo. Quem viu a cascata do Arado hà uns anos e quem a vê agora pejada de banhistas a permanecerem dias inteiros como se duma praia se tratasse, penso que compreende.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:12


2 comentários

De Anónimo a 11.10.2013 às 19:20

Eu estive esta semana nesse local maravilhoso. Fiz outro percurso, deixei o carro na aldeia de Lapela e desci até à cascata. Tive sempre uma paisagem muito bonita, mas pelo que me disseram pelo percurso que fez deverá levar menos tempo, mas aproveitou-se para caminhar. Concordo plenamente com a sua opinião, sobre a permanências nestes locais. Em Fafião em Agosto/Setembro tornava-se impossível estar por lá. Os pequiniqueiros " eram aos montes, chegavam de manhã ocupavam todas as mesas e os bancos próximos durante o dia todo, como se fossem sua propriedade, não dando hipótese de mais ninguém os utilizar. Lixo e dejetos também por lá não faltavam.
Um abraço/Carlos Amaral

De Vales Errantes a 11.10.2013 às 21:58

Olá Carlos, obrigado por visitar o blog.
De facto neste género de locais tem que haver bom senso. Nada tenho contra as romarias, mas entendo que existem melhores locais para as fazer.
Existem relatos este verão, em que na portela do homem só se conseguia estacionar a + de 200m do posto fronteiriço do lado de Espanha!!! Assim como grupos de 60 pessoas, sim 60, a caminho do poço verde, o arado em agosto parecia um porto-benfica, inacreditável.
As restrições temporais que existem na Mata de Albergaria terão que ser extendidas a outros locais para haver alguma ordem e razoabilidade.
Abraço e boas caminhadas.
Anselmo Cardal

Comentar post





Lista de todas as actividades

Percursos Pedestres

Em Bicicleta

Outras Actividades e Locais



Siga-nos na rede social


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Carris Cópia de DSC04873 Covão da Ametade DSC06715 Prado do Mourô/VidoalDSC07099 Sombrosas DSC08749 Vale do Rio Homem valeserrantes Poço Azul valeserrantes Ecopista do Dão valeserrantes

Cascata do Arado valeserrantes

Visitantes